terça-feira, 28 de junho de 2016

"Laura S" substitui "Funchalense 5" na ligação com o Porto Santo

O recém adquirido porta contentores "Laura S" da Box Lines, passa a substituir o "Funchalense 5" na ligação quinzenal com o Porto Santo,
Assim o "Laura S" escalará a Ilha Dourada ás sextas-feiras á noite. depois de ter efectuado as operações no porto do Caniçal rumará ao Porto Santo e daí para Lisboa.
O "Funchalense 5" não deverá escalar o Porto Santo excepto em casos pontuais, passando ao largo da ilha que tão bem conhece.







domingo, 26 de junho de 2016

NRP General Pereira D'Eça em preparação para o afundamento

Uma semana depois da chegada ao Porto Santo, a corveta NRP General Pereira D'Eça, está com um aspecto um pouco diferente. Nota-se principalmente a nível de exteriores as aberturas que estão a ser feitas para permitir ,por um lado, a mais facil circulação da agua e por outro um facil e seguro acesso ás pessoas que irão lá mergulhar.








No interior do navio também estão a ser feitas aberturas permitindo que de um modo seguro os mergulhadores entrem em qualquer pondo do navio e o percorram na totalidade havendo sempre perto uma saída, Os trabalhos de descontaminação decorrem a bom ritmo estando a ser removidos tudo o que possa causar poluição ou envenenamentos, o que inclui revestimentos do pavimento, cabos eléctricos, etc



 Esta é a ponte de comando onde esta tudo reduzido a carcaça, restando apenas a consola e o telegrafo, que também será retirado, e juntamente com outros artigos, onde se inclui um Hélice, ficarão expostos num espaço género mini museu dedicado ao navio, que desta forma será sempre lembrado como recife artificial, e não como mais um navio que foi desmantelado em sucata.






                                       
São bem visiveis as aberturas feitas de ambos os bordos, assim como em cima e em baixo.
 A cozinha de bordo, onde alem das anteparas so restou o fogão.

Em Lisboa, foram retiradas cerca de 400 toneladas de equipamentos que vão desde componentes das maquinas, geradores, compressores, oleos etc, que foram compensados com o mesmo peso em betão, mas que por se encontrar todo no fundo do navio e não ao longo dele, aumenta o centro de gravidade, permitindo que na operação de afundamento o mesmo afunde na posição de direito.
 Esta é uma foto do bloco de cilindros da maquina de bomborto, onde alem deste ficou apenas um pistão, tendo tudo o resto sido retirado.





 Todos os trabalhos deverão ficar concluídos até o dia 13, estando agendado o afundamento da corveta para as 13 horas desse dia, Uma vida nova para um velho navio, que apesar de cultos um pouco elevados tem retorno tanto a nível turístico como a nível ecológico, pois, como é demais conhecido a costa sul do Porto Santo é na sua maioria areal, com poucas estruturas rochosas e recifes deste tipo irão dar abrigo á fauna e á flora marinha, que, como se passa com o Madeirense, dentro de alguns meses serão autênticos oásis marinhos

Toda a operação de limpeza e preparação do navio está a ser efectuado pela Tecnovia Madeira,



© Fotos:Elvio Leão

sábado, 25 de junho de 2016

Fred Olsen Lines converte ferry a GNL

A Fred Olsen Lines, vai converter o seu ferry de alta velocidade " Bencomo Express" para (GNL) gás natural liquefeito, naquela que é a primeira conversão de um HSC de DIESEL para GNL.
Resultante de um consurso publico efectuado pela Fred Olsen Lines em 2015, foi assinado agora  um contrato entre a mesma e a Navantia para a conversao do ferry.
O "Bencomo Express" será agora convertido com financiamento da União Europeia baseado no projecto  GAINN4Ship através do programa""Interligar a Europa" tendo recebido o reconhecimento na area de inovação tecnologica,,na melhoria da eficiencia energetica, sustentabilidade e proteção ambiental.
O Bencomo Express é um dos dois navios de alta velocidade que  ligam Agaete (norte de Grã Canaria) a Santa Cruz de Tenerife efectuando 6 ligações diárias coma duração de 1.20 minutos.








Foto Fred Olsen Lines

sexta-feira, 24 de junho de 2016

Time Lapse da construção de um catamaran Offshore

Foi começado a construir em Outubro de 2015, em dois sitios distintos , a parte frontal na Austral Filipinas e a traseira e super estruturas na Austral Australia, foram depois unidas na Austral Australia, dando origem a um navio catamaran, com setenta metros de comprimento, velocidade de 30 nós e capacidade para 150 passageiros e uma área de 400 m 2 para transporte de carga.
Destina-se a operar nas plataformas de prospecção de petróleo como navio de transferência.
Os catamarans de alta velocidade estão cada vez mais a ter sucesso nos vários tipos de navio dai resultantes, e que vai de ferries com dimensão e capacidades consideráveis,aos navios patrulha, sendo plataformas mais estáveis, rápidas e devido ao seu pequeníssimo atrito com a agua consumos muito mais reduzidos a velocidades muito superiores.





Fotos Austral.com

quarta-feira, 22 de junho de 2016

SPITSBERGEN, Ex "ATLANTIDA" ja navega

Depois das alterações a que foi submetido, o" Spitsbergen", antigo ferry "Atlantida" mandado construir pela AtlanticoLine aos Estaleiros Navais de Viana do Castelo, ja navega, tendo sido entregue ontem pelos estaleiros norueguesa da Fosen Yard á Hurtigruten, .
Depois da cerimonia de entrega o "Spitsbergen" rumou á cidade norueguesa de Solvaer onde vai iniciar a sua actividade como navio de cruzeiros.
As linhas bem modernas e o  contraste do negro do casco com o branco do casario da-lhe um visual bem atraente e bonito,
Esta situação deixa-me a pensar porque isto não foi feito em Portugal por portugueses, ficando eu com a certeza que infelizmente já não estamos num pais de marinheiros , mas sim num onde se ganha mais em construir navios pagos pelos contribuintes e vende-los a preço de saldo para outros os transformarem em excelentes navios




.







Fotos: Fosen Yard AS e Hurtigruten

segunda-feira, 20 de junho de 2016

AIDAcara e Costa Magica no Funchal

Belas fotos , de uma perspectiva um pouco diferente, da chegada ao Funchal do "AIDAcara" tendo ao fundo já atracado o "Costa Magica"









© Fotos; João Conceição