domingo, 21 de outubro de 2018

Wärtsilä inaugura primeiro centro híbrido do mundo


O grupo de tecnologia Wärtsilä inaugurou o primeiro Centro Híbrido, no mundo.
A instalação representa um conceito inovador que permitirá o desenvolvimento e a implantação do módulo de energia híbrida Wärtsilä HY, ao mesmo tempo em que oferece aos clientes a possibilidade de experimentar os benefícios do sistema.

Será também usado para treinar técnicos. A cerimonia de inauguração foi no passado dia  17 de Outubro

Veja Tambem Ferry Hibrido


O centro, localizado em Trieste, na Itália, é o primeiro centro híbrido em escala real do mundo e é composto por um motor, baterias, acionadores de energia, um simulador de carga de hélice utilizando um motor elétrico, uma tomada de força / motor a motor, juntamente com o sistema de gestão de energia, o 'cérebro' do Wärtsilä HY. O sistema é capaz de simular dados operacionais, o que permitirá a otimização do sistema híbrido para alcançar níveis sem precedentes.

O investimento proporcionará aos proprietários e operadores a oportunidade de conhecer e se familiarizar com o Wärtsilä HY, acelerar a introdução de tecnologias híbridas no mercado marítimo, aumentando assim a sustentabilidade ambiental do transporte marítimo. Testes bem-sucedidos já foram realizados no procedimento de inicialização elétrica patenteado da Wärtsilä, utilizando a energia das baterias para fornecer o arranque sem fumo do motor principal.
Foto Wartsilla.com


“O conceito Smart Marine da Wärtsilä para proporcionar maior eficiência, segurança e sustentabilidade é mais uma vez demonstrada com este inovador Centro Híbrido. Este conceito único mostra claramente o compromisso que temos de liderar o setor em direção a um futuro mais limpo e mais económico ”, afirma Stefan Wiik, vice-presidente da Marine Power Solutions, Wärtsilä.

 Veja Tambem Encomendado o maior navio híbrido do mundo

Além de ser usado para validar tecnologias híbridas, o centro também receberá grupos de clientes para aprender em termos práticos os aspetos técnicos do Wärtsilä HY, bem como os benefícios de valor agregado que ele oferece. Além disso, a energia gerada pelo centro será fornecida à rede da fábrica para fornecer energia sustentável às instalações de produção da empresa.

Fonte//wartsila.com




terça-feira, 16 de outubro de 2018

PGS avança conceito de limpeza de plástico no oceano


A Petroleum Geo-Services (PGS) desenvolveu um conceito de recolha de plástico no oceano que está preparando para um teste piloto em escala real. O conceito usa uma cortina de bolhas para trazer plástico para a superfície, bem como as capacidades inerentes dos navios sísmicos para recolher o lixo.


A PGS encomendou um estudo a um consultor independente usando fundos recebidos do banco norueguês de desenvolvimento e investimento Innovation Norway, e o consultor concluiu que as densidades dos micro-plásticos pelágicos são muito baixas e que a recolha do plástico á superfície é pouco eficiente em pleno oceano. No entanto, o sistema pode ser adequado onde as densidades são maiores devido aos fluxos de escoamento e rios durante as estações chuvosas. Essas condições incluem o Golfo do México, o Mar do Caribe e a costa oeste da África na parte do Atlântico Norte.

 Veja Tambem Navio do futuro no presente

A PGS está agora fazendo com um estudo técnico mais detalhado que incluirá considerações teóricas de engenharia e hidrodinâmica. O estudo conta com parceiros e fornecedores em potencial para o fabrico do equipamento, a cortina de bolhas e a unidade de recolha. A empresa procurará encontrar financiamento para um teste piloto em grande escala.



Com base nas recomendações do estudo de viabilidade, este piloto em escala real envolveria um único navio sísmico rebocando um engenho com uma saia com uma cortina de bolhas que conduz o plástico à superfície para a recolha num saco permeável. O projeto piloto seria feito no mar, durante um período de aproximadamente dois meses no Atlântico ou no Caribe.

 Veja Tambem Vanguard transporta Costa Concordia

O teste verificará a eficiência do conceito de recolha, e facilitará a pesquisa sobre a densidade e o tipo de plásticos presentes assim como irá monitorizar as capturas acidentais de organismos marinhos. Particularmente preocupante são as espécies comerciais e vulneráveis, que podem ser afetadas nos diferentes estágios da vida, bem como as esteiras de Sargassum (macroalgas marrons flutuantes) que são consideradas habitats de peixes.




sexta-feira, 12 de outubro de 2018

Furacao Leslie obriga Lobo Marinho a cancelar viagens

Devido á passagem do furacão Leslie nas proximidades da Região da Madeira, e consequente agravamento do estado do tempo, com previsão de vento forte de sul e ondulação forte, o ferry "Lobo Marinho" cancelou as viagens previstas para sábado dia 13 de Outubro.

Veja Tambem Lobo Marinho, 10 anos a navegar

Deverá retomar a ligação com a ilha dourada no domingo, se as condições de tempo o permitirem

Balearia substitui motorização de cinco navios ferry



A Balearia vai receber um subsidio da União Europeia  de 11,7 milhões de euros para a substituição dos motores de cinco navios da sua frota, cumprindo os novos regulamentos  que entram em vigor em 2020 que obriga fim dos combustíveis pesados e a implementação do uso de gás natural liquefeito para reduzir as emissões poluentes.
Foto Balearia


 Três deles, "Martin i Soler", "Bahama Mama" e "Abel Matutes" são construções novas e os dois restantes, o"Napoli" e o "Sicilia", são navios já com 16 anos.

 Veja TambemNavios ecológicos, Futuro no Presente

A Balearia solicitou um subsídio de 15 milhões de euros da UE, através dos fundos do MIE (Mecanismo Interligar a Europa) e o montante concedido representa 20% do investimento previsto, de acordo com a Balearia. O primeiro dos cinco navios que terá os motores substituídos será "Nápoles", o que deverá acontecer a partir de Novembro próximo

A partir de 2020, as companhias de navegação que operam na União Europeia e as águas da Zona Económica Exclusiva serão obrigados a utilizar combustíveis com baixo teor de enxofre, se bem que, por enquanto, não se nota grandes mudanças nas frotas, e como estamos apenas a um ano e dois meses do prazo, não parece que a medida entre em vigor em pleno.

Fonte//Puentedemando

300x250_Cruzeiros_Campaign