quinta-feira, 31 de janeiro de 2013

Lobo Marinho regressa no dia 8

O ferry "Lobo Marinho" volta a efetuar viagens entre o Porto Santo e o Funchal a partir do próximo dia oito de Fevereiro. O navio está em reparação nos estaleiros Canarianos de Astican
desde o dia 8 de Janeiro, o que perfaz um mês desde a saída do mesmo da linha.



© Foto Berto Garcia  http://bermaxofotos.blogspot.pt/

Lobo Marinho regressa no dia 8

O ferry "Lobo Marinho" volta a efetuar viagens entre o Porto Santo e o Funchal a partir do próximo dia oito de Fevereiro. O navio está em reparação nos estaleiros Canarianos de Astican
desde o dia 8 de Janeiro, o que perfaz um mês desde a saída do mesmo da linha.



© Foto Berto Garcia  http://bermaxofotos.blogspot.pt/

quarta-feira, 30 de janeiro de 2013

Funchalense 5 com cara lavada

O nosso bem conhecido Funchalense 5 apresentou-se ao Porto Santo de cara lavada depois de 2 semanas em reparação dos estaleiros de Astican em Las Palmas. Chegou as 19.30 e saiu as 23.50 tendo transportado para a ilha alguns contentores.
Desta forma retoma a ligação regular, neste período semanal devido á ausência do Lobo Marinho, mas que voltará as ser quinzenal logo que o ferry regresse. Bem pintado e com a antivegetativa de silicone, alem de algumas pequenas reparações, o Funchalense 5 está pronto para mais um ou dois anos de trabalho.









© Fotos: Elvio Leão


Funchalense 5 com cara lavada

O nosso bem conhecido Funchalense 5 apresentou-se ao Porto Santo de cara lavada depois de 2 semanas em reparação dos estaleiros de Astican em Las Palmas. Chegou as 19.30 e saiu as 23.50 tendo transportado para a ilha alguns contentores.
Desta forma retoma a ligação regular, neste período semanal devido á ausência do Lobo Marinho, mas que voltará as ser quinzenal logo que o ferry regresse. Bem pintado e com a antivegetativa de silicone, alem de algumas pequenas reparações, o Funchalense 5 está pronto para mais um ou dois anos de trabalho.









© Fotos: Elvio Leão


segunda-feira, 28 de janeiro de 2013

Porto Santo recebe 5 navios de cruzeiro ao longo de 2013

São ao todo cinco os navios que têm escalas programadas no Porto Santo para este ano.

O primeiro será o "Quest of Aventure" que irá estar no Porto Santo a 29 de Março.

© Wikipedia

No dia 03 de Abril será a vez do "Kristina Katarina"

© Elvio Leão




A 13 de Abril recebemos o "Le Ponant"




© wikipedia

A 22 de Maio volta o "Amadea."

© Wikipedia



A 28 de Outubro é a vez do "L'austral"

© Wikipedia




Porto Santo recebe 5 navios de cruzeiro ao longo de 2013

São ao todo cinco os navios que têm escalas programadas no Porto Santo para este ano.

O primeiro será o "Quest of Aventure" que irá estar no Porto Santo a 29 de Março.

© Wikipedia

No dia 03 de Abril será a vez do "Kristina Katarina"

© Elvio Leão




A 13 de Abril recebemos o "Le Ponant"




© wikipedia

A 22 de Maio volta o "Amadea."

© Wikipedia



A 28 de Outubro é a vez do "L'austral"

© Wikipedia




Porta contentores movido a hidrogenio

Sendo o elemento mais abundante no universo , o hidrogénio é um poderoso combustível e absolutamente limpo, pois da sua combustão apenas resulta agua destilada.
Usado no inicio do século XX para enchimento dos dirigíveis por ser extremamente leve, foi substituído pelo hélio devido á sua enorme volatilidade.
Agora imaginemos um navio que navega no seu próprio combustível  ou seja extrai o hidrogénio da agua do mar para alimentar os seus motores, num ciclo interminável. Tecnologicamente tal não é viável, mas dentro de alguns anos talvez o seja.
No entanto ja existe um projeto de um navio porta-contentores movido a hidrogénio  muito mais eficiente que um diesel, e com turbinas e hidrogénio  Sendo um navio de feito SWATH, (small water plane area twin hull) , opõe pouca resistência á agua conseguindo um consumo muito reduzido de combustível.

Ver tudo aqui





© Foto:Inovação tecnologica


Outros projetos existem para navios convencionais, onde apenas muda o combustivel passando de gasoso a hidrogénio liquido.

Ver aqui





© Foto:Bloggermercante.com




Também a Rússia está a desenvolver um submarino que não precisa de reabastecimentos usando o que deverá ser no futuro próximo o combustível mais comum, isto depois da era do petróleo
Ver aqui



Porta contentores movido a hidrogenio

Sendo o elemento mais abundante no universo , o hidrogénio é um poderoso combustível e absolutamente limpo, pois da sua combustão apenas resulta agua destilada.
Usado no inicio do século XX para enchimento dos dirigíveis por ser extremamente leve, foi substituído pelo hélio devido á sua enorme volatilidade.
Agora imaginemos um navio que navega no seu próprio combustível  ou seja extrai o hidrogénio da agua do mar para alimentar os seus motores, num ciclo interminável. Tecnologicamente tal não é viável, mas dentro de alguns anos talvez o seja.
No entanto ja existe um projeto de um navio porta-contentores movido a hidrogénio  muito mais eficiente que um diesel, e com turbinas e hidrogénio  Sendo um navio de feito SWATH, (small water plane area twin hull) , opõe pouca resistência á agua conseguindo um consumo muito reduzido de combustível.

Ver tudo aqui





© Foto:Inovação tecnologica


Outros projetos existem para navios convencionais, onde apenas muda o combustivel passando de gasoso a hidrogénio liquido.

Ver aqui





© Foto:Bloggermercante.com




Também a Rússia está a desenvolver um submarino que não precisa de reabastecimentos usando o que deverá ser no futuro próximo o combustível mais comum, isto depois da era do petróleo
Ver aqui



sábado, 26 de janeiro de 2013

Movimento da semana

Apenas o navio "Ruby" e o palangreiro "Nicolas e Isabel" marcaram presença no Porto Santo nesta terceira semana de Jnaeiro




Ruby, que fez a sua ultima escala na ilha dourada.


















Palangreiro "Nicolas e Isabel" atracado no contra-molhe do Porto Santo

















© Foto: Elvio Leão

Movimento da semana

Apenas o navio "Ruby" e o palangreiro "Nicolas e Isabel" marcaram presença no Porto Santo nesta terceira semana de Jnaeiro




Ruby, que fez a sua ultima escala na ilha dourada.


















Palangreiro "Nicolas e Isabel" atracado no contra-molhe do Porto Santo

















© Foto: Elvio Leão

Ruby de volta

O porta contentores "Ruby" da Box-lines, regressou ao Porto Santo hoje, naquela que deverá ser sua ultima viagem a esta ilha, em virtude do "Funchalense 5" voltar ás suas viagens regulares já na proxima terça-feira, voltando o "Ruby" ás suas viagens entre Lisboa e Caniçal. Atracou pelas 22.30 horas e saiu ás 02.30h, descarregando 12 contentores e carregando 17 com destino a Lisboa.



© Foto: Elvio Leão

Ruby de volta

O porta contentores "Ruby" da Box-lines, regressou ao Porto Santo hoje, naquela que deverá ser sua ultima viagem a esta ilha, em virtude do "Funchalense 5" voltar ás suas viagens regulares já na proxima terça-feira, voltando o "Ruby" ás suas viagens entre Lisboa e Caniçal. Atracou pelas 22.30 horas e saiu ás 02.30h, descarregando 12 contentores e carregando 17 com destino a Lisboa.



© Foto: Elvio Leão

quinta-feira, 24 de janeiro de 2013

Transporte de produtos frescos nos Açores

Segundo o Azoresdigital, o Psd/Açores questionou hoje o Governo Regional sobre a hipótese de, durante o verão, os produtos frescos serem transportados, entre as ilhas, nos navios de passageiros. Esta modalidade de transporte é algo que ja se faz há muito na Madeira, ja o Pirata Azul os transportava na década de setenta, não entendo como ainda não funciona nos Açores,  até porque alem de tornar o produto mais barato, rentabiliza o serviço ferry, e os produtos podem e devem ser transportados em camiões frigoríficos o que evita que  percam qualidade, tanto pelas diferenças de temperatura como pelo manuseamento. Não faz sentido absolutamente nenhum estar a transporta-los por via aérea quando há disponibilidade de os transportar por via marítima e em muito melhores condições.
 Como exemplo dou o transporte entre a Madeira e o Porto Santo, que como é feita com um navio ferry, Lobo Marinho, todo o transporte de frescos é feito em camiões frigoríficos, e pontualmente em contentores também frigoríficos, pequenas quantidades são transportadas em carretas isotérmicas  o que é prática comum em muitas ligações ferry.
Agora como praticamente dotas as ilhas açorianas possuem  rampas ro-ro , é deveras de lamentar que não se aproveite estas infraestruturas e também  não se pense a sério numa ligação ferry durante o ano todo, com navios próprios em vez do atual modelo que considero caro e ineficiente.


Express Santorini na Graciosa

Construção da rampa ro-ro na Graciosa





© Fotos Manuel Betencourt   http://oportodagraciosa.blogspot.pt/ na Graciosa /Açores

Transporte de produtos frescos nos Açores

Segundo o Azoresdigital, o Psd/Açores questionou hoje o Governo Regional sobre a hipótese de, durante o verão, os produtos frescos serem transportados, entre as ilhas, nos navios de passageiros. Esta modalidade de transporte é algo que ja se faz há muito na Madeira, ja o Pirata Azul os transportava na década de setenta, não entendo como ainda não funciona nos Açores,  até porque alem de tornar o produto mais barato, rentabiliza o serviço ferry, e os produtos podem e devem ser transportados em camiões frigoríficos o que evita que  percam qualidade, tanto pelas diferenças de temperatura como pelo manuseamento. Não faz sentido absolutamente nenhum estar a transporta-los por via aérea quando há disponibilidade de os transportar por via marítima e em muito melhores condições.
 Como exemplo dou o transporte entre a Madeira e o Porto Santo, que como é feita com um navio ferry, Lobo Marinho, todo o transporte de frescos é feito em camiões frigoríficos, e pontualmente em contentores também frigoríficos, pequenas quantidades são transportadas em carretas isotérmicas  o que é prática comum em muitas ligações ferry.
Agora como praticamente dotas as ilhas açorianas possuem  rampas ro-ro , é deveras de lamentar que não se aproveite estas infraestruturas e também  não se pense a sério numa ligação ferry durante o ano todo, com navios próprios em vez do atual modelo que considero caro e ineficiente.


Express Santorini na Graciosa

Construção da rampa ro-ro na Graciosa





© Fotos Manuel Betencourt   http://oportodagraciosa.blogspot.pt/ na Graciosa /Açores

terça-feira, 22 de janeiro de 2013

Ministro da defesa anuncia privatização dos ENVC

Ministro Aguiar Branco, anunciou a reprivatização dos Estaleiros Navais de Viana do Castelo no próximo mês de Fevereiro, adiantando que o governo estava com intenção de o reprivatizar no ano de 2012 .  Ver toda a noticia Aqui

© pnr.pt

© rr.sapo.pt

Ministro da defesa anuncia privatização dos ENVC

Ministro Aguiar Branco, anunciou a reprivatização dos Estaleiros Navais de Viana do Castelo no próximo mês de Fevereiro, adiantando que o governo estava com intenção de o reprivatizar no ano de 2012 .  Ver toda a noticia Aqui

© pnr.pt

© rr.sapo.pt

segunda-feira, 21 de janeiro de 2013

domingo, 20 de janeiro de 2013

Palangreiro Espanhol em Porto Santo

Encontra-se atracado no Porto Santo o palangreiro Espanhol  "Nicolas e Isabel" para descanso da tripulação e possivelmente também para se refugiar do mau tempo que tem assolado esta zona do Atlântico.





© Fotos: Elvio Leão

Palangreiro Espanhol em Porto Santo

Encontra-se atracado no Porto Santo o palangreiro Espanhol  "Nicolas e Isabel" para descanso da tripulação e possivelmente também para se refugiar do mau tempo que tem assolado esta zona do Atlântico.





© Fotos: Elvio Leão