segunda-feira, 31 de dezembro de 2012

domingo, 30 de dezembro de 2012

Fotos do antigamente. As dificuldades de outrora

Eram muitas as dificuldades por que passavam as gentes do mar antes do Porto Santo estar dotado de um porto.
Carreireiro atracado no cais do Porto Santo







 Quando sopravam ventos de sul as dificuldades redobravam pois alem de não haver condições para descargas  as embarcações ficavam desprotegidas, sendo necessário, quando possível vara-las para evitar encalhes ou então desloca-las para a zona da serra e do ilhéu de cima onde ficavam um pouco mais protegidas.

Vento forte de sul





Usava-se Caterpillers ou muito gente a puxar um cabo com o barco a reboque. Os barcos deslizavam em cima de pranchas de madeira untadas com sebo que aqui eram vulgarmente chamadas de "parais"


Varando a  Sra da Conceiçao


Colocando o carreiro a flutuar a custa de muito esforço humano










 Os navios que ficavam ao largo. sempre que o tempo permitia faziam transbordo de passageiros para os carreireiros, para a Profeta e para a Sra da Conceição, sendo por vezes bastante dificil proceder ao embarque e desembarque dos passageiros devido ao vento e ondulação.



Madeirense fundeado ao largo

Cedros e Sra da conceição



Inesquecível "Profeta"



Carreireios apinhados de passageiros


Ja o embarque de mercadorias era feito as costas ou recorrendo a uns simples paus de carga do barcos carreireiros.










Passageiros e mercadorias


Embarque de gado





© Fotos: Manuel Jardim, (Luciano Fotografo)





Fotos do antigamente. As dificuldades de outrora

Eram muitas as dificuldades por que passavam as gentes do mar antes do Porto Santo estar dotado de um porto.
Carreireiro atracado no cais do Porto Santo







 Quando sopravam ventos de sul as dificuldades redobravam pois alem de não haver condições para descargas  as embarcações ficavam desprotegidas, sendo necessário, quando possível vara-las para evitar encalhes ou então desloca-las para a zona da serra e do ilhéu de cima onde ficavam um pouco mais protegidas.

Vento forte de sul





Usava-se Caterpillers ou muito gente a puxar um cabo com o barco a reboque. Os barcos deslizavam em cima de pranchas de madeira untadas com sebo que aqui eram vulgarmente chamadas de "parais"


Varando a  Sra da Conceiçao


Colocando o carreiro a flutuar a custa de muito esforço humano










 Os navios que ficavam ao largo. sempre que o tempo permitia faziam transbordo de passageiros para os carreireiros, para a Profeta e para a Sra da Conceição, sendo por vezes bastante dificil proceder ao embarque e desembarque dos passageiros devido ao vento e ondulação.



Madeirense fundeado ao largo

Cedros e Sra da conceição



Inesquecível "Profeta"



Carreireios apinhados de passageiros


Ja o embarque de mercadorias era feito as costas ou recorrendo a uns simples paus de carga do barcos carreireiros.










Passageiros e mercadorias


Embarque de gado





© Fotos: Manuel Jardim, (Luciano Fotografo)





sexta-feira, 28 de dezembro de 2012

Movimento da semana

A ultima semana de 2012 voltou a ser parada em termos de movimento de navios no porto da ilha dourada, ficando-se apenas pelo sempre regular Lobo Marinho.

Diariamente, com exceção das terças-feiras o Lobo Marinho faz a ligação Funchal/Porto Santo/Funchal sendo assim a autoestrada entre as duas ilhas














© Foto: Elvio Leão


















Movimento da semana

A ultima semana de 2012 voltou a ser parada em termos de movimento de navios no porto da ilha dourada, ficando-se apenas pelo sempre regular Lobo Marinho.

Diariamente, com exceção das terças-feiras o Lobo Marinho faz a ligação Funchal/Porto Santo/Funchal sendo assim a autoestrada entre as duas ilhas














© Foto: Elvio Leão


















quinta-feira, 27 de dezembro de 2012

Fabuloso "Blue Marlin"

Espectaculares vídeos das operações do navio "Blue Marlin" , , navio semi.submersivel, para transporte de cargas ultra pesadas.









Fabuloso "Blue Marlin"

Espectaculares vídeos das operações do navio "Blue Marlin" , , navio semi.submersivel, para transporte de cargas ultra pesadas.









terça-feira, 25 de dezembro de 2012

Reportagem da RTP Madeira sobre o afundamento do Madeirense

Esta é uma reportagem feita pela RTP Madeira sobre o afundamento do Madeirense na ilha do Porto Santo e do agradecimento ao seu ultimo comandante, José Matos por parte da administração da Porto Santo Line.  Lamento a qualidade da imagem mas na altura não disponhamos de equipamento que permitisse melhor qualidade.


Reportagem da RTP Madeira sobre o afundamento do Madeirense

Esta é uma reportagem feita pela RTP Madeira sobre o afundamento do Madeirense na ilha do Porto Santo e do agradecimento ao seu ultimo comandante, José Matos por parte da administração da Porto Santo Line.  Lamento a qualidade da imagem mas na altura não disponhamos de equipamento que permitisse melhor qualidade.


domingo, 23 de dezembro de 2012

Feliz Natal

Desejo a todos os leitores e todos os que de alguma maneira colaboraram com este blog, um Natal cheio de felicidades e um Ano Novo muito prospero .



Feliz Natal

Desejo a todos os leitores e todos os que de alguma maneira colaboraram com este blog, um Natal cheio de felicidades e um Ano Novo muito prospero .



sexta-feira, 21 de dezembro de 2012

Movimento da semana

Lobo Marinho e funchalense 5 foram os dois navios que demandaram o Porto Santo nesta semana que antecede o Natal.




Ferry "Lobo Marinho" a autoestrada entre Porto Santo e Madeira















Funchalense 5, em mais uma estada nocturna
 com proveniência
de Caniçal e destino a Lisboa


















© Fotos: Elvio Leão

Movimento da semana

Lobo Marinho e funchalense 5 foram os dois navios que demandaram o Porto Santo nesta semana que antecede o Natal.




Ferry "Lobo Marinho" a autoestrada entre Porto Santo e Madeira















Funchalense 5, em mais uma estada nocturna
 com proveniência
de Caniçal e destino a Lisboa


















© Fotos: Elvio Leão

quarta-feira, 19 de dezembro de 2012

Funchalense 5 visita-nos de madrugada

Tendo atracado pelas 03.00h de hoje, o Funchalense 5 voltou ao Porto Santo, ainda que por pouco tempo, pois saiu para Lisboa as 05.30h depois de ter efectuado as operações de carga e descarga. Devido ás greves que ainda continuam o navio continua com atrasos, razão pela qual voltou de madrugada.



© Foto: Elvio Leão

Funchalense 5 visita-nos de madrugada

Tendo atracado pelas 03.00h de hoje, o Funchalense 5 voltou ao Porto Santo, ainda que por pouco tempo, pois saiu para Lisboa as 05.30h depois de ter efectuado as operações de carga e descarga. Devido ás greves que ainda continuam o navio continua com atrasos, razão pela qual voltou de madrugada.



© Foto: Elvio Leão